Mugger vs Jaguar

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quem será o supremo predador?

22% 22% 
[ 2 ]
78% 78% 
[ 7 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 9

Mugger vs Jaguar

Mensagem  Megacroc em Dom Mar 24, 2013 10:48 am

Dois grandes predadores disputam uma carcaça de veado. De um lado um Mugger gigante de 4,2 metros de comprimento e do outro um jaguar com 1,8 metros de comprimento e mais de 100kg.
Mugger (crocodylus palustris)

Jaguar (panthera onca)
avatar
Megacroc

Mensagens : 66
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  savinti69 em Dom Mar 24, 2013 12:55 pm

esse combate depende do terreno de combate fora de agua eu creio que o jaguar não teria problema algum em intimidar este reptil e ficar com a presa ( eu já vi um gato domestico intimidando um crocodilo o obrigando a voltar para dentro de agua ) , mas agora dentro de agua a historia muda de figura este crocodilo e um pouco maior que aqueles que o jaguar esta habituado a caçar para comer , dentro de agua o crocodilo fica com jantar de veado e talvez com aperitivo de jaguar se este bater uma de herói para cima do crocodilo
avatar
savinti69

Mensagens : 483
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 34
Localização : grandola

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Megacroc em Dom Mar 24, 2013 1:00 pm

São águas rasas de 40cm de altura.
avatar
Megacroc

Mensagens : 66
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  savinti69 em Dom Mar 24, 2013 1:14 pm

Megacroc escreveu:São águas rasas de 40cm de altura.

nesse caso 40cm mal chega para tapar o crocodilo desse tamanho então a vantagem na minha opinião fica no jaguar se a agua tivesse mais 20cm de agua eu dava a vantagem ao crocodilo , pk um crocodilo submerso é muito perigoso pk ele agarra a presa e rodopia arrancando os membros das presas , em 40cm de agua ele não seria capaz de o fazer , mas em 60cm ele já o seria capaz de fazer perfeitamente e era a morte desse jaguar , eu estou a falar de crocodilo acima dos 4m comprimento
avatar
savinti69

Mensagens : 483
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 34
Localização : grandola

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Megacroc em Dom Mar 24, 2013 1:51 pm

savinti69 escreveu:
Megacroc escreveu:São águas rasas de 40cm de altura.

nesse caso 40cm mal chega para tapar o crocodilo desse tamanho então a vantagem na minha opinião fica no jaguar se a agua tivesse mais 20cm de agua eu dava a vantagem ao crocodilo , pk um crocodilo submerso é muito perigoso pk ele agarra a presa e rodopia arrancando os membros das presas , em 40cm de agua ele não seria capaz de o fazer , mas em 60cm ele já o seria capaz de fazer perfeitamente e era a morte desse jaguar , eu estou a falar de crocodilo acima dos 4m comprimento

Um crocodilo que também é ágil em terra.
avatar
Megacroc

Mensagens : 66
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  savinti69 em Dom Mar 24, 2013 5:19 pm

crocodilos e aligatores fora de agua são presas fáceis para os felinos mais atrevidos se quiseres eu posso postar muitos vídeos de tigres jaguares leões e ate leopardos (só não tenho conhecimento de pumas) a predar esses repteis , e muitos são mais ousados que saltam mesmo para dentro de agua para os irem buscar como tigres e jaguares mas nesse caso esse crocodilo e muito grande para esse jaguar , e ele não se arriscaria a ir a aguas mais per fundas
avatar
savinti69

Mensagens : 483
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 34
Localização : grandola

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Megacroc em Dom Mar 24, 2013 5:42 pm

savinti69 escreveu:crocodilos e aligatores fora de agua são presas fáceis para os felinos mais atrevidos se quiseres eu posso postar muitos vídeos de tigres jaguares leões e ate leopardos (só não tenho conhecimento de pumas) a predar esses repteis , e muitos são mais ousados que saltam mesmo para dentro de agua para os irem buscar como tigres e jaguares mas nesse caso esse crocodilo e muito grande para esse jaguar , e ele não se arriscaria a ir a aguas mais per fundas

Gostava muito de os ver
avatar
Megacroc

Mensagens : 66
Data de inscrição : 22/02/2013
Localização : Sintra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  savinti69 em Dom Mar 24, 2013 6:05 pm











avatar
savinti69

Mensagens : 483
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 34
Localização : grandola

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  savinti69 em Dom Mar 24, 2013 6:06 pm

depois com tempo eu posto mais
avatar
savinti69

Mensagens : 483
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 34
Localização : grandola

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Daniel T em Sex Abr 05, 2013 7:35 pm

O Duelo é perigoso para ambos, porém creio que isto deve ser considerado:

A Onça-Pintada ou Jaguar é o grande felídeo com maior adaptabilidade para predar animais encouraçados que existe.

Além dos vídeos, temos materiais interessantes que podem ser citados:

Um dos materiais sobre predações em crocodilianos eu postei na Área de Livros e Artigos (alguns colegas como o Reptiles já tiveram acesso a esse material) mas o link não está mais no ar. Ainda assim se digitar o título no Google poderão encontrar algumas referências sobre o mesmo (e para quem tiver maior interesse, eu tenho salvo em Pdf esse material, e poderei estar encaminhando para quem me pedir por mensangem):


Dissertação
apresentada ao Programa de Pós-
Graduação em Biologia Tropical e Recursos
Naturais, do convênio INPA/UFAM, como
parte dos requisitos para a obtenção do título
de Mestre em Ciências Biológicas, Área de
Concentração em Ecologia.


Título: USO DO HABITAT DO HABITAT E DIETA DA ONÇAPINTADA
(PANTHERA ONCA) EM UMA ÁREA DE
VÁRZEA, RESERVA DE DESENVOLVIMENTO
SUSTENTÁVEL MAMIRAUÁ, AMAZÔNIA CENTRAL,
BRASIL.



Trechos destacáveis para esse duelo:

Pág 12
"Foram considerados adultos todos os jacarés-tinga com mais de 1,3
metros e jacarés-açu com mais de 2,5 metros."

Pág 14
"Foram identificados cinco jacarés-tinga, dois
jacarés-açu, duas preguiças-bentinho e uma marreca..."

"Em média, o comprimento total
dos indivíduos foi de 1.4 metros. Os jacarés-açu eram um jovem e um adulto, com 1,5
m e 3 metros de comprimento total respectivamente."

"As carcaças de jacaré-açu foram encontradas na margem de um lago e estavam a
apenas cinco metros uma da outra.

Estas duas presas foram consumidas no mesmo
período, e os sinais de luta no capim, na área alagada ao lado de onde as carcaças foram encontradas, descarta a hipótese de que estas tenham sido consumidos como carniça.

A partir das pegadas encontradas no local, foram identificados ao menos três indivíduos distintos de onça-pintada, que usaram o local ao mesmo tempo. Provavelmente estas pegadas eram de uma mãe com dois filhotes sub-adultos."


----------------------------------------------------

Bom, segundo o material acima, tem ali uma grande probabilidade de uma fêmea de Jaguar Amazônico ter abatido um Jacaré-Açu de 3 metros, não se sabendo se houve participação do filhotes.

O peso médio de uma Fêmea dessas, sabemos que não é alto.
Segundo estudo sério da Pró-Carnívoros, peso médio, por exemplo, na Venezuela (Região Amazônica): Peso médio de 52 Kg contando machos e fêmeas. Curiosamente os machos nesse estudo deram quase o dobro de peso no peso médio exclusivamente para os machos.
Agora, peso médio no Pantanal: Pantanal: Peso médio de 86 Kg. Média exclusivamente para machos foi de 96 Kg (Fonte: Almeida, 1990);

Fonte: http://www.procarnivoros.org.br/pdfs/Doutorado_Leandro.pdf

As regiões do material postado são regiões de várzea, que já é região alagada.
O duelo aumenta o Crocodiliano em 1,20 metros para o que citei, talvez aumente um pouco a profundidade da água, mas em compensação o Jaguar Fêmea com peso médio de uns 50 Kg (sendo otimista nos comparativos postados) aumentará de forma bastante considerável para um grande Jaguar Macho com mais de 100 Kg!


Um Jaguar desse porte, depois de analisar o que postei, eu acredito mais nele contra qualquer crocodiliano que seja de 4 metros ou um pouquinho mais, em regiões como em terra ou águas rasas como postado para esse duelo. Acredito que até aqui ele ainda consiga ter abrangência da mordida e força suficiente para subjulgar. Se aumentar mais o Crocodiliano, daí poderia complicar. Claro que em águas não rasas e/ou profundas a história é outra, mas ainda assim eu não subestimaria o poder do Jaguar, que é capaz de ir buscar um Jacaré dentro da água e tirá-lo mesmo da água onde “não da pé” como demonstrado aqui:



-------------------------------------------------
Mas fazendo um resumo (nas condições dos exemplares do tópico, considerando que ambos não estivessem dispostos a abandonar o cenário de luta, que estivessem famintos), mesmo que o duelo seja para considerar somente águas rasas (vou citar as outras formas também):

*Em terra: 9/1 Jaguar (Vejo um alto favoritismo para ele aqui, agilidade, inteligência, maior energia e adaptabilidade ao seu favor, com pequenas chances de ser surpreendido pela explosão do crocodiliano);

*Águas rasas: 7/3 Jaguar (se o Jaguar ainda conseguir ficar de pé, ele ainda obtém as mesmas vantagens, mas já corre mais riscos de sofrer contra ataques perigosos);

*Águas não rasas e/ou profudas: 8/2 em Crocodilianos de 4 Metros (aqui é onde esses crocodilianos se sentiriam mais confortáveis e poderiam utilizar sua melhor mobilidade de nado e mergulho para surpreender e/ou atacar o Jaguar, todavia como no vídeo postado e já comentado, eu não subestimo o poder deste felídeo, e em menor escala acredito que ele poderia surpreender).


Para o duelo, ficará a segunda postada: 7/3 na Onça.
avatar
Daniel T
Admin

Mensagens : 1114
Data de inscrição : 28/10/2011
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://territorioselvagem.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  savinti69 em Sab Abr 06, 2013 1:36 pm

fiquei deslumbrado com esse gato kkkkkkkkkkkkkkkk




avatar
savinti69

Mensagens : 483
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 34
Localização : grandola

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Puma concolor em Qui Abr 11, 2013 10:07 pm

O tamanho desse crocodilo já impõe um grande respeito em qualquer oponente, fazendo diversos predadores até mesmo pensarem duas vezes se vale a pena desafiá-lo. Mas acredito também num ligeiro favoritismo da onça contra não apenas esse, mas também contra qualquer outra espécie de tamanho e peso similar. O jaguar deve ser o gato mais bem preparado para enfrentar um crocodiliano, já que é um hábil nadador e como já vimos, não se importa em atacar esses perigosos répteis nem mesmo quando estes estão em seu habitat natural. Em terra, vantagem para a dona-das-américas. Em águas rasas, a coisa fica bem complicada, mas acho que a onça, por muito pouco, pode levar vantagem. Já em águas profundas, o crocodilo é soberano, mas isso não o impediria de sair muito machucado de um eventual contra-ataque.
avatar
Puma concolor

Mensagens : 158
Data de inscrição : 05/12/2011
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 10:08 am

Abate de crocodilomorfos por felinos:
-O Especialista - Onça Pintada.
-O oportunista bem armado - Tigre de bengala
-O oportunista mais limitado ao tamanho- Leopardo
-O oportunista mais limitado ao tamanho- Puma
-O oportunista sem muita técnica - Leão

Já vi muita coisa sendo dita sobre esta questão, e sobre estes 4 felinos serem capazes de abaterem crocodilianos de diversos tamanhos, mais com a exceção da onça, especialista neste tipo de combate, veja bem combate, porque se alimentar de outro predador é combater, não abater de imediato, pode até resultar no abate de um, mais antes podemos ter combates incríveis e perigosos para ambos, os outros felinos citados devem ser analisados mais detalhadamente para se bater um martelo sobre eles serem tão capazes quanto a onça que se difere de todos eles, por ter evoluido abatendo presas blindadas como crocodilianos, tatus gigantes, gliptodontes que tinham no crânio certa proteção, tracajás e outros.Sua morfologia, dentição, mandíbula, cabeça e pescoço foram forjados para isto, além de suas técnicas apuradas que lhe permitem agir até embaixo dágua, feito nunca observado em outro felino que em alguma vz abateu um crocodilomorfo. Apesar de feitos incríveis em abater crocodilianos, até a rainha tem suas limitações, mais ainda assim talvez seja a que mais teria capacidades para matar um crocodiliano grande, com mais de 4m em terra ou águas rasas.Isto tb é um campo hipotético já que registro confiável de predação da onça em qualquer crocodiliano maior que 3,5m ainda não existe e se não existe não é comum de acontecer, e se não é comum é pelo fato de ser perigoso e extremamente difícil de se fazer para a onça. Nunca cometeria a displicência de dizer que a onça teria facilidade em matar um animal enorme de 4m pois não é assim que acontece na natureza, não existem fatos que mostram isto, só a sua habilidade e adaptações dão entender que ela seria capaz de fazê-lo, mais nunca com facilidade e com sérios riscos para ela tb.
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 10:16 am

Quanto ao hábito da onça pintada de se alimentar de crocodilianos, podemos verifcar e analisar fontes sobre isto.

Estudo:Haemig PD (2012) A Onça-Pintada e o Puma Simpatricos. ECOLOGIA.INFO 6
"Predação sobre os Répteis Encouraçados

Grandes répteis de couraça constituem uma parte significativa da dieta da onça-pintada, porém uma parte não-significativa da dieta do puma (Guggisberg, 1975; Mondolfi & Hoogestijn, 1986; Emmons, 1987,1989; Carrillo et al., 1994; Maxit 2001; Scognamillo et al. 2003; Silveira et al., 2010). Os grandes répteis de couraça incluem jacarés, crocodilos, tartarugas marinhas e tartarugas terrestres.

Os répteis de couraça são relativamente raros hoje em dia, porém eram abundantes no passado, antes de serem cruelmente caçados pelo homem. O hábito de a onça-pintada se alimentar extensivamente dessa presa em particular relaciona-se à sua própria anatomia peculiar.

Por exemplo, a cabeça incomumente grande da onça-pintada (se comparada a de outros grandes felinos) e o poderoso dente canino são maravilhosamente adaptados para esmagar a couraça dura das tartarugas, e quebrar os tegumentos extremamente duros dos jacarés e crocodilos (Biknevicius and Van Valkenburgh 1996). Em contrapartida, o puma tem uma cabeça relativamente pequena, com dentes caninos relativamente delgados (Emmons, 1987,1989).

Emmons (1989) estima que uma única tartaruga terrestre grande pode satisfazer as necessidades alimentares diárias de 1,4 quilos de carne da onça-pintada.

Nos Llanos da Venezuela, tanto a onça-pintada quanto o puma alimentaram-se de jacaretingas (Caiman crocodilus) que pesavam menos de 15 Kg, porém apenas a onça-pintada alimentava-se desses animais acima de 15 Kg (Scognamillo et al. 2003)."

Atentando para o texto fica claro que ainda que o puma coma de vez em quando jacarés de 15kg, é a onça que consegue abater os maiores e é esta que possui os atributos físicos para ser um especialista no assunto.Pumas podem até abater pequenos jacarés, mais não o fazem tanto quanto a onça, nem com a sua técnica, portanto tendo uma taxa de sucesso menor, mesmo em animias pequenos e nem com a mesma velocidade já que não possuem a mesma força mandibular para isto.


PROJETO GADONÇA - ONÇA PINTADA - Biologos: PhD. Fernando Azevedo (tese de doutorado), MsC. Henrique Villas Boas Concone e Ricardo Luis da Costa (responsável de campo)

"A área total ocupada pelas onças-pintadas residentes na fazenda San Francisco foi de 112,2 km2, o que rendeu uma densidade de 0,07 onças adultas por quilômetro quadrado. Animais de grande porte compreenderam a maior parte das presas disponíveis para as onças. A biomassa (quantidade de alimento disponível) total de todas estas espécies foi estimada em aproximadamente 101.812 kg, ou o equivalente a 6.787 kg/km2. As análises de amostras fecais e de carcaças de animais encontradas na fazenda indicaram que as onças pintadas se alimentaram mais de animais de grande porte. As espécies silvestres mais predadas pelas onças-pintadas foram a capivara (Hydrochaeris hydrochaeris) e o jacaré-do-pantanal (Caiman crocodilus), as mais predadas por onças pardas foram capivaras e animais até 15kg.Não se observou em campo ou em fezes onças pardas abatendo crocodilianos. A população de presas silvestres foi adequada para suportar a população de onças-pintadas, sendo que as onças consumiram aproximadamente 10% da biomassa de animais silvestres disponíveis. Uma modesta taxa de predação sobre o gado teve pouca importância demográfica para a população local de onças. Espécies de presas silvestres de grande porte foram consideravelmente mais propensas a morrer devido à predação do que por outras causas. A predação de animais silvestres foi mais provável de ocorrer nas regiões de exclusividade das áreas de vida das onças do que nas regiões de sobreposição."
Outra fonte importante do estudo feito pelo colega Fernando Azevedo do qual troco até emails e telefonemas,e que já me repassou várias informações de campo e amostras fecais menos comuns, observação de caracças de jacarés grandes e sucuris que acabam acontecendo em menor número, mais mostra não só uma especialidade como tb uma predileção da onça em alguns ecossistemas pelo jacaré, capivaras e carne de outros répteis.


Fonte:RELAÇÕES ENTRE A ONÇA-PINTADA,ONÇA-PARDA E MORADORES LOCAIS EM TRÊS UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DA FLORESTA ATLÂNTICA DO ESTADO DO PARANÁ, BRASIL.
Estudo para Dissertação apresentada como requisito parcial à obtenção do grau e título de Mestre.Curso de Pós-Graduação em Ciências Florestais, Área de Concentração em
Conservação da Natureza, Universidade Federal do Paraná.Por Maria Renata Pereira Leite.
Dieta da onça-pintada
"Foram identificadas e analisadas 31 amostras de fezes de onça-pintada, onde foram reconhecidos 6 taxa de presas silvestres (Figura 12), mais duas de animais domésticos
(bovinos e bubalinos). Dos animais silvestres, o cateto e o veado foram as presas mais freqüentes, totalizando 38,5% e 34,5 % da dieta, respectivamente.A categoria de presa mais utilizada, tanto na APA de Guaraqueçaba como na AEIT do Marumbi, foi mamíferos com mais de 15 kg, seguida por animais domésticos.
Resultados semelhantes também foram encontrado nos trabalhos de Emmons (1987), Garla (1998), Crawshaw & Quigley (1991), (Tewes & Schimidly, 1987) e (Schaller e Vasconcelos, 1978). De acordo com Emmons (1987) a onça-pintada utiliza espécies mais comuns, na mesma abundância que ocorrem na natureza. Entretando existe uma preferência por animais de grande especialmente por catetos e queixadas. Isto corroba com os resultados encontrados nesse estudo, onde o cateto foi o principal item na dieta da onça-pintada. Nos estudos realizados por Tewes & Schimidly (1987) e Schaller e Vasconcelos (1978) a capivara foi um dos principais itens na dieta da onça-pintada na Venezuela e Pantanal respectivamente. Entretanto no estudo realizado por Garla (1998) a capivara foi pouco representada na dieta da onça-pintada. O tatu que foi considerado o item mais importante na dieta da onça -pintada em Belize (Rabinowitz e Nottinghan, 1986) e o segundo item mais importante no estudo realizado por Garla (1998) na Floresta Atlântica do Espírito Santo, não foi encontrado em nenhuma das amostras de fezes analisadas, apesar de ser bastante abundante na região. Ê curioso notar que esse foi o item mais abundante na dieta da onça-parda onde ambos predadores vivem em simpatria.
Dieta da onça-parda.
Foram identificadas e analisadas 131 amostras de fezes de onça-parda, onde foram reconhecidos 17 taxa de presas silvestres (Figura 14). As presas mais freqüentemente
consumidas no PN do Superagüi foram o tatu-galinha (28,6%), aves (15,5%) e o gambá (14,3%). Na APA de Guaraqueçaba foram o tatu-galinha, a cutia e o gambá (todos com
22,22%). Já na AEIT do Marumbi, as presas foram roedores Cricetidae (22,76%), aves (16,71) e outros marsupiais (14,08)."


Esta fonte foi colocada apenas para verificar a seleção de presas maiores por parte da onça pintada quando simpatrica ao puma.


Fonte:USO DO HABITAT E DIETA DA ONÇA PINTADA EM UMA ÁREA DE VÉRZEA, RESERVA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL MAMIRAUÁ, AMAZÔNIA CENTRAL, BRASIL.
Por Emiliano Esterci Ramalho.
CAPÍTULO 2 - A DIETA DA ONÇA-PINTADA NA RDSM NO
PERÍODO DA SECA.
INTRODUÇÃO.
"A disponibilidade de presas é, provavelmente, um dos principais fatores ecológicos determinando o comportamento de um felino nos ecossistemas em que ele ocorre. Por isso, estudos sobre dieta são fundamentais para se entender a ecologia e o comportamento de uma espécie em um determinado ambiente. A dieta da onça-pintada já foi descrita em diversos ecossistemas. No Brasil, foi descrita na Mata Atlântica (Crawshaw, 1995; Facure & Giaretta, 1996; Leite, 2000; Garla et al., 2001; Crawshaw et al., 2003), no Cerrado (Silveira, 2004), no Pantanal (Schaller. & Vasconcelos, 1978; Crawshaw & Quigley, 2002; Dalponte, 2002) e na Caatinga (Olmos, 1993). Também foi descrita para populações no México, em florestas sub-perenifólias (Aranda & SánchezCordero, 1996; Aranda, 1993, 1994) e florestas secas decíduas (Nuñez et al., 2000), no Peru, em floresta Amazônica de planície de inundação (Emmons, 1997), nos Llanos da Venezuela (Polisar et al., 2003; Scognamillo, 2003), no Chaco, no Paraguai (Taber et al., 1997), em Belize (Rabinowitz & Nottingham,1996) e na Costa Rica (Chinchilla, 1997), em floresta subtropical úmida, e na Guatemala, em floresta tropical de baixa altitute (Novak, 2003). A ampla distribuição geográfica da onça-pintada, que inclui uma grande diversidade de ambientes, e uma vasta gama de condições ambientais e interações ecológicas, demonstra a adaptabilidade da espécie a diferentes ecossistemas e consequentemente diferentes tipos e diversidades de presas (Rabinowitz & Nottingham, 1986).
Mais de 85 espécies de presas já foram relatadas para a onça-pintada (Seymour, 1989). Os mamíferos terrestres de grande e médio porte são as presas mais 11 freqüentemente abatidas (Facure & Giaretta, 1996; Leite, 2000; Garla et al., 2001; Crawshaw et al., 2003; Silveira, 2004; Schaller & Vasconcelos, 1978; Schaller & Crawshaw, 1980; Dalponte, 2002; Olmos, 1993; Aranda & Sánchez-Cordero, 1996; Aranda, 1993, 1994; Nuñez et al., 2000; Emmons, 1987; Polisar et al., 2003; Scognamillo, 2003; Taber et al., 1997; Rabinowitz & Nottingham, 1996; Chinchilla, 1997; Novak, 2003), embora outros mamíferos, répteis e aves também sejam importantes componentes da dieta (Emmons, 1987). No entanto, na várzea, somente as espécies arborícolas e/ou de boa capacidade natatória podem sobreviver à inundação periódica da floresta (Ayres et al., 1992), fazendo com que muitas das principais
espécies de presas da onça-pintada não ocorram na RDSM (Santos, 1996). Na reserva, existem relatos da predação de onça-pintada sobre jacarés e ovos dos jacarés
Melanosuchus niger e Caiman crocodilus (Da Silveira & Thorbjarnarson, 1997), capivara (Hydrochoerus hydrochaeris), peixes, aves, quelônios, guariba (Alouatta seniculus), e as duas espécies de preguiça que ocorrem na reserva (Bradypus variegatus e Choloepus didactylus). Marsupiais, roedores e outras espécies de primatas são presas
em potencial, mas não há relatos sobre a sua predação. Segundo Da Silveira & Thorbjarnarson (1997), grande parte da dieta da onça-pintada na reserva, durante o período da seca, é composta de jacarés e ovos de jacaré.
Devido à ampla distribuição geográfica da espécie, ainda existem lacunas grandes de conhecimento sobre a ecologia e o comportamento da onça-pintada. As informações que existem hoje são insuficientes para determinar o status da espécie em 12% da sua distribuição histórica (Sanderson et al., 2002) e não existem informações sobre a ecologia da espécie em alguns dos principais ecossistemas em que ela ocorre. A região Amazônica é um exemplo disso. Apesar de ser considerada a região mais importante para a conservação dos felinos neotropicais (Oliveira, 1994) e criticamente 12 importante para a onça-pintada (Widstrand, 1999), é uma das áreas onde existe a menor quantidade de estudos e informações sobre a espécie.
Partes mais especifícas tb citadas pelo Daniel.
Pág 12
"Foram considerados adultos todos os jacarés-tinga com mais de 1,3
metros e jacarés-açu com mais de 2,5 metros."

Pág 14
"Foram identificados cinco jacarés-tinga, dois
jacarés-açu, duas preguiças-bentinho e uma marreca..."

"Em média, o comprimento total dos indivíduos foi de 1.4 metros. Os jacarés-açu eram um jovem e um adulto, com 1,5 m e 3 metros de comprimento total respectivamente."

"As carcaças de jacaré-açu foram encontradas na margem de um lago e estavam a apenas cinco metros uma da outra. Estas duas presas foram consumidas no mesmo período, e os sinais de luta no capim, na área alagada ao lado de onde as carcaças foram encontradas, descarta a hipótese de que estas tenham sido consumidos como carniça. A partir das pegadas encontradas no local, foram identificados ao menos três indivíduos distintos de onça-pintada, que usaram o local ao mesmo tempo. Provavelmente estas pegadas eram de uma mãe com dois filhotes sub-adultos."
Neste caso eu acredito que a onça mãe matou o jacaré sozinha, pois estas são muito zelosas de suas crias não as envolvendo em lutas assim mesmo estas sendo sub-adultas e esta é a opinião do colega Fernando Azevedo que já teve muito contato com fêmeas com crias e afirmou sobre o zelo destas sobre suas crias mesmo depois de grandes.
Posso dizer que na região amazônica da reserva Mamirauá, a onça pintada mostra total adaptação de abater crocodilianos, inclusive grandes com 3m, e comer até seus ovos.Demonstra tb que em diversas áreas a onça tem habilidade e força para dar combate e caça a crocodilianos, ainda mais na região amazônica onde temos onças menores que as pantaneiras e dos LLanos e jacarés enormes de 3 metros pra cima.


Fonte:Coexistence of jaguar (Panthera onca) and puma (Puma concolor) in a mosaic landscape in the Venezuelan llanos
D Scognamillo, IE Maxit, M Sunquist.
"Jaguar Panthera onca and puma Puma concolor are sympatric throughout the jaguar's distribution. Although several studies have focused on the interactions between these two predators, the ecological and behavioural factors that promote their coexistence remain unclear. The goal of this study was to identify those factors that facilitate the coexistence of these cats in a mosaic landscape in the Venezuelan llanos. The study was conducted from January 1996 until November 1998. Five jaguars and six pumas were captured and radio-collared. A high degree of spatial overlap was observed between jaguars and pumas, which may be related to the abundance and distribution of prey species. At a fine scale, there was little overlap of puma locations with jaguar locations. Both species were more active at night than during daytime, but seasonal differences were detected in the activity levels of these predators. Major segregation was found in food habits. Jaguars selected for large prey and pumas for medium-sized prey. Jaguars selected for capybara Hydrochaeris hydrochaeris and collared peccary Tayassu tajacu and consumed caiman Caiman crocodilus and white-tailed deer Odocoileus virginianus less than expected. Pumas selected just for collared peccary and also killed caiman less than expected. It is suggested that the abundance of medium-sized prey is an ecological factor that is facilitating the coexistence of jaguar and puma in the study area. Habitat heterogeneity may be another influential factor leading to the coexistence. Seasonal differences in activity levels probably reflect differences in the size and species of prey taken by these cats."
Podemos ver nesta fonte que nos LLanos tb foi verificada a predação de jacarés pela onça pintada e por vzs pelo puma, mais como em outros locais a onça não limitava seus a taques ao tamanho dos jacarés como o puma!!!

Fonte:The ecology of a cryptic predator, Paleosuchus tigonatus, in a tropical rainforest WE Magnusson, AP Lima - Journal of Herpetology, 1991 - JSTOR
Parte do texto que interessa................
"... from taking up home ranges with known terrestrial retreats, would make subadults very vulnerable
to predators such as jaguars. ... which can seek unpredict- able resources (vacant territories), rather
than fewer larger propagules which would suffer less predation, reach maturity ..."
Mostra a predação de onças até em Paleosuchus trigonatus em regiões florestais, não deixando de fora aqui na América do Sul nenhuma das espécies de crocodilomorphos de sua lista de presas.
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 10:23 am

A onça pintada é uma especilista neste tipo de caça,sendo sua mordida a arma principal de abate destes crocodilianos. Os maiores já observados foram os abates de jacarés açús com mais de 3,5m e crocodilos americanos de 3m nos LLanos, ainda que infelizemente não se tenha uma confirmação visual de um crocodilo de 450cm morto por um macho de 128kg chamado Miguel e visto por pesquisadores locais.As garras são de suma importância nesta luta, pois apesar de não rasgarem a grossa pele das costas, ainda mais dos animais grandes, ela entra por baixo da placa e permite o agarramento nas costas para dar base a mordida na nuca, local mais apropriado para matar sem ser morta em alguns casos como os de abate a animais grandes e quando em águas rasas e até embaixo da água!!!Estas garras grossas e grandes da onça tb podem rasgar animais menores com certa facilidade na barriga e papo que tem pele bem menos resistente que nas costas e por vzs ela usa este recurso.Por mais capaz que a onça seja ainda assim nunca diria que ela tem total facilidade em matar jacarés e crocodilos, mesmo dentro da água pois não é assim;e isto não se deve ao fato de que mesmo elas tem suas taxas de acerto nos botes, mais que por vzs a onça é repelida mesmo com mordidas e rabadas e um cálculo errado pode resultar em ferimentos e até morte no caso de enfrentamento com grandes crocodilos e jacarés açús.As onças vão predar qualquer animal da fauna americana central e do sul, ainda que possuam predileções e no caso de alguns lugares elas serão de capivaras e jacarés quase 100%, ela ataca qualquer animal de nossa fauna, de ágeis cotias, aves e primatas, até antas,sucuris, pirarucus e crocodilianos.Outros predadores já foram vitímas delas, como lobos guarás, raposas, jaguatiricas e até pumas, como me informou o colega Fernando Azevedo, que já teve contato com uma amostra fecal de um macho de 138kg dos LLanos e que tinha muito pelo de puma em sua amostra.A nota ruim foi que os pesquisadores não acharam a carcaça, mais analisaram o dna o pelo e descobriram que era de um animal de pelo menos 2 anos, sem contar o caso do caçador de Belize, até aceito como prova na comunidade científica, já que tinham os restos do puma e pelos de onça no local.
"....Um caçador em Belize relatou que, numa noite, foi atraído por rosnados de felídeo: uma jaguatirica tinha subido numa árvore, aos pés da qual estava uma onça mal-intencionada. Um escritor venezuelano viu uma onça que transportava nas mandíbulas o cadáver de uma jaguatirica, que, evidentemente, acabara de matar. Descobriu também um local onde uma onça e uma suçuarana teriam travado um combate. Na verdade, restavam apenas às patas do puma, tendo o resto sido provavelmente devorado pela onça..."
Claro que este não é o assunto, mais mostra que a onça não irá deixar nada de lado quando o assunto é dar caça em seus domínios.Os fatos sobre a interação de onças e crocodilianos nos mostram um felino altamente especializado e armado para lutar com animais encouraçados e em alguns casos se alimentar quase exclusivamente deles, sendo que no Pantanal por exemplo a onça irá caçar jacarés não se limitando ao tamanho dos animais apesar de por vzs não obter sucesso por fuga ou reação da presa.Em áreas em que é simpátrica a Jacarés maiores, como o açú e crocodilos como os orinocos e americanos ela tb irá caçar limitada a certo tamanho, ainda que feitos impressionantes já tenham sido vistos mais não devidamente registrados.Por último apesar de suas habilidades onças tb podem se arriscar muito enfrentando animais grandes de mais de 4m em qualquer situação, em terra, água rasa e mais ainda em água profunda, devido a força e poder destes animais, de serem maiores e portanto mais difíceis de morder e controlar, até a rainha pensa mais de uma vz para entrar numa barca destas.

Fotos de predação em crocodilianos.

rara foto de predação em jacaré coroa.







pequeno crocodilo americano.






A mais impressionante.
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 10:45 am

Vídeos de onças em predação.




Este vídeo em seu começo mostra nitidamente como é perigoso pegar crocodilianos grandes.


Tem a situação contrária tb!!!!Uma onça norte americana foi morta por Aligatores.

avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Análise de outros felinos em interação com crocodilianos.

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 1:27 pm

Leões:
É engraçado como o leão tem menos habilidades que tigres para esta empreitada, pois mordem de qualquer jeito, permitindo contra golpes, e ainda assim são os que mais tem fotos de interação e luta com crocodilianos.Como no caso dos tigres, leões tem a seu favor grande força tb, mais são menos habilidosos para caçar crocodilos, na realidade eu nem vejo leões,leopardos e pumas como deliberados caçadores de crocodilianos como onças e tigres e destes os leões seriam os menos habilidosos para isto.Se analisarmos sem nenhuma displicência as imagens e vídeos de interação entre estes dois os casos em que crocodilos foram mortos, estes eram pequenos e um deles foi morto por um grupo não antes de morder feio uma leoa.Tem imagens de leões se aproveitando de carcaças de animais mortos por outros crocodilos e hipopótamos, mais ao contrário disto temos fotos e vídeo de leões que forma mortos deliberadamente por crocodilos que seguindo dentro de sua escala irá pra cima de qualquer animal que cruze seus domínios.Por vzs eles se metem em luta na disputa por carcaças, mais ela são geralmente contra animais menores e atrevidos, pois quando se deparam com animais de 450cm pra frente o respeito já fica maior por parte dos leões, não ficam medrosos,só que ficam bem mais precavidos contra um réptil enorme de boca escancarada!!!Os fatos sobre esta interação apontam que leões de forma oportunista, já que não espreitam crocodilos na beira dágua como a onça ou tigre, por vzs já forma vistos em luta e matando crocodilos de até 2,5m, não mais que isto e que tb já forma vistos sendo machucados, mutilados e mortos por crocodilos grandes de mais de 4m.
fotos de interação.
apesar de pequeno peitou vérios leões e comeu um pedaço de carne.














Aproveitamento de carcaça de crocodilo morto por hipo.
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 2:53 pm






avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 3:06 pm








Esta nunca mais passa atrás de um crocodilo.


Aqui mais um que morre nas mandíbulas destes dinossauros.Como no vídeo ja vemos que os dois felinos retratados até agora matam, mais podem morrer tb, ainda mais quando se trata de animais enormes como o da foto e o da comparação abaixo.

avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 3:54 pm









Em nenhum vídeo foi verificada ampla vantagem de leões em grandes crocodilos, aliás contra estes até os leões podem ser vitímas.
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 4:00 pm

Tigres:
Crocodilo de 4,57m em Bengali toma o título de rei da selva do tigre.
O tigre pode ser o rei da selva na Índia, mas a sua escrita não se estende até os manguezais silvestres de Bengala Ocidental, onde um crocodilo de 15 pés conquistou o título no início desta semana.

Por Dean Nelson, em Nova Deli
04:28 BST 11 de agosto de 2011

Funcionários florestais no parque nacional de Sundarbans disse que o crocodilo tinha feito história naquela região por se tornar o segundo na memória viva deles a matar um tigre.

Um exame post-mortem da carcaça de um tigre de oito anos de idade descoberto por guardas nas margens de um rio na selva na terça-feira confirmou que ele foi morto e comido por um crocodilo. O tigre tinha sido atacado, pois nadou pelo rio e foi morto em que eles acreditavam ter sido uma luta feroz.

Bivash Pandav do Instituto de Espécies ameaçadas e do Departamento de Vida Selvagem da Índia disse que ataques de tigres em crocodilos muggers não são raros - um crocodilo foi morto recentemente em Ranthambore na reserva de tigres. "No entanto, esta é a primeira vez que ouvi falar de um ataque de crocodilos em um tigre", disse ele.

Enquanto é raro grandes predadores enfrentarem um ao outro, ele disse, os crocodilos têm uma vantagem em água. "Crocodilos de água salgada são muito poderosos. Tigres cruzam rios e riachos para passar de uma ilha para outra no Sundarbans e um crocodilo na água é, definitivamente, muito mais poderoso do que um tigre", disse ele.

Na Wikipédia podemos ver esta informação tb:
De acordo com a wikipedia:
Crocodilos de água salgada grandes adultos podem potencialmente comer qualquer animal dentro de sua escala, incluindo macacos, cangurus, javalis, dingos, Goannas, aves, animais domésticos, seres humanos, búfalos, gauros, morcegos, pithons e até tubarões.Em 2011, um crocodilo de água salgada grande matou um tigre de Bengala quando o tigre estava atravessando um rio.
Tigres talvez sejam os felinos mais dispostos a comerem crocodilianos, e outros répteis como grandes phitons (leopardos tb matam grandes phitons) e com maior capacidade técnica para isto depois da onça pintada, mais como o relato nos mostra isto tb pode ser perigoso para o poderoso felino já que animais maiores serão tão perigosos ou mortais quanto eles.Concordo que não seja raro os crocodilos muggers serem comidos por tigres principalmente os de porte menor e em terra, devido a uma vida mais plácida que levam se comparados aos mais ativos e agressivos crocodilos marinhos simpátricos a eles e aos tigres também.Ocore que mesmo estes podem ser perigosos combatentes se forem maiores ou estarem em situações de águas profundas ou mesmo médias.Fala-se muito tb que crocs não são ágeis, mais em duas fotos dos crocs contra leões, pode-se notar que crocodilos do Nilo em uma acerta o bote e morde feio uma leoa e em outra quase que uma leoa se ferra de um croc maior.Um animal de quase 1000kg consegue se virar tão rápido que tira as quatro patas do chão e vira quase 360 graus para trás.Pangil é um croc confinado e faz isto, um livre e mais ativo então será mais capaz ainda, já que o cativeiro deixa os animais pouco mais lentos.É claro que isto não acontecerá a toda hora, mais uma porrda desta pode ser suficiente pra desetabilizar ou desencorajar um oponente mesmo em terra.Por isto prefiro dizer que tigres podem ser oportunistas em abater por vzs crocodilos, ainda que nunca se teve notícias de crocodilos marinhos mortos por eles, só muggers, e nestes casos eles realmente são oportunistas bem armados pois além de serem habilidosos nisto( digo isto pois tires diferente de leões não saem com um crocodilo na boca, ainda que pequeno sem matá-lo antes pois sabem que até estes podem morder forte), tem mais armas e força que leopardos e pumas, limitados ao porte de crocodilianos menores.Tigres na minha opinião seriam limitados a partir de animais com 450cm em terra ou águas rasas,em águas profundas o crocodiliano tem vantagens consideráveis sendo que animais com mais de 450cm, 500 pra frentes, não acho que eles se arrisquem a tanto, pois seria uma forma de "se" conseguir matar,ainda assim sair bem machucado ou morrer tentando.Os fatos sobre esta interação apontam que tigres matam pra comer crocodilos de até 3, 3,5m da espécie Crocodylus palustris, não tendo ainda registros de predação de crocodilos marinhos e que são mordidos, machucados por estes, sendo que existem pelo menos dois casos de tigres mortos por crocodilos marinhos e um sub-adulto morto por um grande mugger.
Fotos de interações com tigres.







Filhote morto por Mugger.
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 4:21 pm




avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  reptilesporosus em Sab Abr 13, 2013 4:36 pm

Leopardos:
Leopardos já foram vistos predando crocodilos, mais limitados a animais pequenos de até 280cm, mais do que isto nunca se viu, na Africa ou India.De certo eles são pradadores oportunistas que se a fome apertar podem atacar crocodilianos, mais isto não é um hábito peculiar e tb não o torna um especialista como as onças, podendo até ser morto como presas mesmo por um crocodilo maior.Apesar do que falam não existe outra foto ou vídeo que mostre leopardos predando crocodilos além da sequência plenamente conhecida de um leopardo matando um croc de uns 2m no máximo em uma clareira em época de seca na Africa.Não adianta forçar que não vai achar outra foto, vídeo disto nem existe.Apesar deste fato creio que seja possível que leopardos predem crocodilos deste tamanho, até uns 250cm no máximo, eles tem habilidades com phitons enormes, aliás eles preferem bem mais comer as cobras que crocodilos e usam de bastante oportunismo pra isto, mais como são menores que onças, tigres e leões se limitam a animais menores.Vídeos e fotos deles disputando carcaças com crocodilos existem e algumas delas mostram o perigo que correm ao tentar tirar as mesmas de crocodilos que são bem maiores que eles.Os fatos sobre esta interação mostram que de concreto temos um caso de leopardo matando e comendo um crocodilo adolescente, que estes por vzs disputam as carcaças de presas mortas pelo leopardo e que contra um crocodilo grande de 4m pra cima o leopardo não se atreve a ir as vias de fato, sendo que nos domínios de um crocodilo assim na água ou beira dágua o leopardo será possível presa.










Vídeos de interação.




Última edição por reptilesporosus em Seg Abr 15, 2013 6:13 am, editado 1 vez(es)
avatar
reptilesporosus

Mensagens : 811
Data de inscrição : 14/11/2011
Idade : 44
Localização : Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Puma concolor em Dom Abr 14, 2013 12:48 am

Quero dar minha pequena contribuição ao tópico também.

Pumas

Interações entre pumas e grandes crocodilianos parecem ser um tanto raras de acontecer, ao menos do meu conhecimento. Até então, os únicos relatos são entre o aligátor-americano e a subespécie de puma que habita os Everglades, mais conhecida pelo nome "Pantera-da-Flórida (puma concolor coryi)". Na wikipédia americana é citado que os grandes aligátores já teriam atacado e transformado em presa até mesmo ursos-negros e panteras-da-flórida. Achei também uma predação sem fotos de um puma que matou um aligátor de 2,69 m.





Levando em consideração que essa subespécie de puma atinge o peso de até 70 kg, ou até um pouco mais, este pode ser considerado um grande feito. Interações entre pumas e crocodilos, até então, desconheço. Pumas e grandes crocodilos podem até habitar mesmas áreas, porém parecem ocupar zonas diferentes. Uma das razões poderia ser até um respeito por parte do felino, ou talvez porque o puma não curte muito incursões na água, ou até mesmo os dois. Encontros podem até ocorrer, mas se ocorrem, devem ser meramente ocasionais, não a ponto de estabelecer uma relação ecológica que de fato influencie o desenvolvimento de ambas as espécies.
avatar
Puma concolor

Mensagens : 158
Data de inscrição : 05/12/2011
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Puma concolor em Dom Abr 14, 2013 1:03 am

Quero deixar claro que é apenas uma teoria esse conceito de relação entre pumas e crocodilos, mas se alguém souber mais, fico muito agradecido Wink
avatar
Puma concolor

Mensagens : 158
Data de inscrição : 05/12/2011
Localização : Rio de Janeiro - RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mugger vs Jaguar

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum