Questões Intrigantes - Crocodilianos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  Daniel T em Sex Mar 09, 2012 5:13 pm

Referente a Ordem Crocodylia (Famílias Alligatoridae, Crocodylidae e Gavialidae):

Gostaria de levantar umas questões que surgiram em outros fóruns (deixando em aberto outras questões que possam querer levantar):

* Questão de tendência para agressividade (ela varia dentre as espécies, mas via de regra os Crocodilos do Nilo e Salties são mencionados na maioria das fontes como os mais agressivos). Gostaria de saber se essa agressividade é dada em indivíduos adultos de qualquer porte? (ex: Jacaré-açu e Nilótico, podemos dizer que o Nilótico tem uma tendência mais agressiva com eles estando no mesmo porte??). (obs: não necessariamente dizendo que o outro indivíduo não possa ficar agressivo, mas sim falando apenas da tendência, a teoria.).

-------------------

* Questão da Robustez do corpo: Gostaria de saber se crocodilianos de mesmo comprimento (ex: Alligator Americano e Crocodilo Americano de uns 3,5 metros), se existe uma considerável diferença de robustez/grossura média (não considerar indivíduos obesos) do corpo (que está diretamente relacionada com o peso/necessidade alimentar/força do corpo) ou a diferença é pouca? (comparativo válido para todos os crocodilianos).

-------------------

* A força da mordida proporcional - Antigamente eu tinha visto dados que deixavam o Alligator Americano com a mordida mais poderosa em relação a massa corporal. Mas faz tanto tempo que até perdi a fonte. Gostaria de saber se alguém tem mais dados a respeito, pois queria levantar informações a respeito das diferenças da força da mordida dos crocodilianos em portes aproximados.

Daniel T
Admin

Mensagens: 1034
Data de inscrição: 28/10/2011
Idade: 28
Localização: Curitiba

Ver perfil do usuário http://territorioselvagem.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Força de mordida proporcional

Mensagem  reptilesporosus em Qua Abr 11, 2012 1:46 pm

O que se pode dizer hoje, categoricamente, sobre a força de mordida dos crocodilianos, é que estas vão aumentar de forma singular, conforme o aumento do tamanho final do exemplar a ser analisado. Um estudo recente coloca o Alligator missipiensis em sexto lugar na escala gradual de pressão de mordida dos crocodilianos, atrás até do crocodilo americano de mandíbula mais estreita.Veja um pouco do estudo nesta matéria:
ScienceDaily (30 de março, 2012) - Paul M. Gignac, Ph.D., instrutor de Pesquisa, Departamento de Ciências anatômicas, Stony Brook University School of Medicine, e colegas da Universidade Estadual da Flórida e na Califórnia e na Austrália, constataram em um estudo de todas as 23 espécies de crocodilos vivos, que os crocodilos podem matar com a força de mordida mais forte medida para qualquer animal vivo. O estudo também revelou que as forças de mordida dos maiores crocodilianos extintos ultrapassavam 23.000 libras, uma força duas vezes maior do que o poderoso Tiranossauro rex.
Seus dados, informados on-line em PLoS One , contribuiem para a compreensão do desempenho de animais do passado e oferece uma visão sem precedentes sobre como a evolução moldou esse desempenho.
Em "Insights na Ecologia e sucesso evolutivo de Crocodilians revelados através de mordida Força e Dente-de Pressão Experimentação," o detalhe pesquisadores sua análise da força de mordida e pressão dente de cada espécie de crocodilo, jacaré, alligator, e gavial. Liderados pelo Diretor do Projeto Gregory Erickson, Ph.D., Professor de Ciências Biológicas da Universidade Estadual da Flórida, o estudo levou mais de uma década para ser concluído e exigiu uma equipe diversificada de manipuladores de crococodilos e cientistas.
"Os crocodilos e jacarés são os maiores, os caçadores de répteis mais bem sucedidos vivos hoje, e nossa pesquisa ilustra uma das principais maneiras que mantiveram essa coroa", diz Dr. Gignac.
A equipe usou 83 jacarés adultos amarrados e crocodilos e colocando um medidor de força entre os seus dentes de trás e registrou a força de mordida. Eles descobriram que os jacarés e crocodilos têm pound-for-pound comparáveis ​​as forças de mordida máxima, apesar de diferentes focinhos e dentes. Contrariamente ao pensamento evolutivo anterior, eles determinaram que a força de mordida foi correlacionada com o tamanho do corpo, mas mostrou correlação surpreendentemente pouco com a forma dos dentes, dieta, forma da mandíbula, ou a força da mandíbula.
Dr. Gignac salienta que os resultados do estudo sugerem que os crocodilianos uma vez evoluiu a sua notável capacidade de geração de força, mais adaptativas envolvidas mudanças no tamanho do corpo e da dentição para modificar as forças e pressões de diferentes dietas.
A equipe foi contactada por editores do "Guinness Book of World Records" perguntando sobre os dados.
Entre crocodilianos que vivem, o campeão da força de mordida é um saltwater crocodilo de 17 pés( 5,18m), com uma força medido em 3.700 libras.
"Esse tipo de mordida é como ser preso sob a lista inteira de New York Knicks," diz o Dr. Gignac, ilustrando a tremenda força exibida pelos seres vivos. "Mas, com esmagador dentes."
A pesquisa foi financiada pela National Geographic Society e da Florida State University College of Arts and Sciences.

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qua Abr 11, 2012 2:08 pm

Continuando sobre a matéria a mesma acabou revelando que o estudo agora pode ter por definição de quem é a maior mordida entre todos os animais:
A resposta é um valor da força de mordida de 3.700 libras para um crocodilo de água salgada 5,18m(bem como as pressões dente de 350.000 libras por polegada quadrada). Essa é a força de mordida maior já registrada - batendo um valor de 2.980 libras para um americano selvagem de 3.96m que Erickson mediu em 2005. Eles estimam que os maiores crocodilianos extintos, de 55 a 60pés teriam forças tão elevadas quanto 23.100 libras.
"Nosso trabalho exigiu um esforço de equipe", disse ele.
Como resultado do estudo, Erickson e sua equipe têm uma nova compreensão sobre como esses animais se tornaram tão bem sucedidos, e uma melhor compreensão sobre a biologia notável de crocodilos e jacarés vivos. Eles também desenvolveram novos métodos para testar as forças de mordida.
Os dados contribui para analisar o desempenho de animais do passado e fornece insights inéditos sobre a evolução e modelos estatisticamente informadas sobre outros répteis como os dinossauros.

Ao longo dos 11 anos que o seu estudo ocorreu tanto nos Estados Unidos e Austrália, Erickson e sua equipe com 83 jacarés adultos e crocodilos, prenderam-los para baixo, colocou um dispositivo de força de mordida entre os seus dentes de trás e registrou a força de mordida. Um cálculo de engenharia foi então usada para estimar a força gerada simultaneamente pelos dentes mais próximo da frente das mandíbulas. A equipe moldado os dentes com putty dentista, fez moldes e descobriu as áreas de contato.
Discussão sobre o trabalho perigoso.
Como Erickson descreve: "Eu tenho que admitir, a primeira vez que eu coloquei o nosso medidor na boca de um crocodilo adulto, eu estava nervoso. Estava tudo acabado em um piscar de um olho quando bateu, ele quase arrancou meu aperto.. a partir da alça. O barulho das mandíbulas próximos juntos foi como um tiro. O poder do animal foi surpreendente, e a violência do evento assustador. "
Em geral, os pesquisadores analisaram tanto crocodilianos comuns e as exóticas, de jacarés americanos, a crocodilos de água salgada da Austrália de 5m e do Gharial indiana. Entre o mundo o mais bem sucedidos predadores são répteis, estas criaturas têm sido "guardiões da interface água-terra há mais de 85 milhões de anos," disse Erickson.
Mas como eles foram capazes de ocupar e dominar nichos ecológicos por tanto tempo é um mistério.
Erickson e sua equipe sabiam que os répteis evoluíram em diferentes tamanhos, de 3 de rodapés de 40 de rodapés, e eles mostraram concorrentes grandes mudanças na sua forma mandíbula e forma dos dentes, enquanto a sua forma corporal manteve praticamente inalterado.
"Propusemo-nos a responder como essa variação anatômica relacionada à sua capacidade de gerar força de mordida e pressões para a alimentação nas diferentes formas e, assim, como eles têm sido tão bem sucedida", disse Erickson. "A força de mordida sobre a área de contato é a pressão, que é mais pertinente à alimentação desempenho de força de mordida. Em última análise, diz-nos exatamente o que eles estavam fazendo com essas forças prodigiosas mordida."
E, acrescentou, jacarés e crocodilos têm capacidade comparável mordida força máxima, quando medido libra para a libra. Eles basicamente todos têm o mesmo design músculo-esquelético, focinhos apenas diferentes e dentes.
"Isso é análogo a colocar acessórios diferentes em um comedor de plantas daninhas - cortador de grama, roçadeira, cortador de árvore, todos eles têm o mesmo tipo de motor", disse Erickson. "Há motores maiores e menores, com potência maior e menor, mas eles têm os mesmos anexos."
Sua equipe de pesquisa já está usando os dados do estudo para explorar mordida força e dente pressão desempenho nas formas fósseis. A equipe está construindo modelos mais sofisticados do mundo para crocodilos e dinossauros extintos com base nos resultados, bem como continuar a estudar o significado de croc forma focinho.
Quanto aos modernos crocodilos e jacarés, bem, há pouca dúvida de que eles são verdadeiramente campeões do mundo dos esmagadores. Basta lembrar que a máxima Floridian velho: sempre manter uma distância saudável entre você e o jacaré mais próximo.
"Se você pode levantar deitado uma caminhonete, então você pode escapar das mandíbulas de um crocodilo", advertiu Erickson. "É uma rua de sentido único entre os dentes e o estômago de um crocodilo grande."

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qua Abr 11, 2012 2:44 pm

A estrutura músculo-esquelética muito semelhante dos crocodilianos, fazem com que tenham medidas de mordida bem parecidas se aplicadas em exemplares de mesmo peso e tamanho.Tomando dados assim como base vc pode dizer que um pacato croc de Morelety de 1,5m morderá com praticamente a mesma força de um niloticus deste tamanho!!!

A tabela acima demonstra a comparação cranial paro o estudo.

Na tabela acima dados interessantes ficaram por conta dos índices MBM, RBM, MTL e RTL, que mediam respectivamente a massa corporal, a gama de massas corporais, o comprimento total e a gama de comprimentos totais.

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qua Abr 11, 2012 2:48 pm


(A) Os membros dos Alligatoridae são mostrados em azul, e os membros do + Crocodylidae Gavialidae em verde. A equação de regressão OLS descreve a frágil relação entre massa corporal e pressão forma canina. Note-se que delgada de focinho ecomorphs piscívoros a semi-piscívoro (Gavialis gangeticus e Crocodylus intermedius, respectivamente) mostram excepcionalmente de alta pressão (valores fora do intervalo de confiança de 95%), e Crocodylus johnsoni mostra pressões esperados de animais quase magnitude um de tamanho de maiores dimensões. Ecomorphs Outros mostram muito mais baixos e semelhantes valores relativos. A seta indica a força de cisalhamento típico final de osso. (B) a reconstrução caráter estatal-Ancestral usando a mudança-quadrado de parcimônia de pressões de tamanho padronizado forma canina. Valores pressóricos residuais forma canina são codificados por cores para MPa (mudança-squared parcimônia; comprimento ao quadrado = 19,491). Escala vertical é em tempo relativo, com a raiz outgroup / ingroup arbitrariamente ajustado para 1,0. Altas pressões relativas foram alcançadas de forma independente em Crocodylus intermedius, gangeticus Gavialis e johnsoni Crocodylus. Ramos uncolored representam taxa para o qual os dentes forma canina foram vertidas ou quebrado, e assim por estimativa da pressão não era possível.

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qua Abr 11, 2012 2:51 pm


Tabela 2. Medições dentárias e geração de pressão para Crocodylia existentes.

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qua Abr 11, 2012 3:02 pm

Os resultados do estudo revelaram diferenças representativas nas forças de mordida molarifórmicas que variam de 900 a 8,983 N (202 a £ 2.019) (Paleosuchus palpebrosus e Crocodylus porosus, respectivamente, Tabela 1; Figura 3A). A massa corporal é o principal determinante na geração de força de crocodilianos tanto em análise de dados a matéria-prima (TIPS: R2 = 0,92) e análise filogenética corrigido (PIC: R2 = 0,87, p <0,0001). O eixo maior reduzido coeficiente de escala (RMA) para log-transformada força taxon mordida representante regredido contra log-transformada de massa corporal foi 0,708 ± 0,111 (IC 95%), o que não é estatisticamente diferente de isometria (coeficiente de escala = 0,667). Apenas as forças para Gavialis gangeticus na análise TIPS são significativamente atípica (inferior) do que os dos Crocodylia existente como um todo (Figura 3A). Aqueles para o gavial Malaio (Tomistoma schlegelii) é moderadamente baixo. Diferenças interespecíficas nas proporções rostral explicam apenas 19% da variância remanescente no tamanho padronizado conjunto de dados filogeneticamente corrigidos . Isto representa apenas 2,5% da variância total a partir da análise acima mencionado filogeneticamente corrigido. Assim, a hipótese de que as proporções rostrais de crocodilos estão positivamente correlacionadas com mordida força de capacidade, apesar de estatisticamente significativa (p = 0,03), não é suportado como um importante indicador de vigor mesmo após a correção para o tamanho.
Bom, isto é o que deu pra levantar até o momento, pois estou com pouco tempo, mais estarei ainda postando sobre os outros questionamentos.

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  Daniel T em Qui Abr 12, 2012 9:01 am

Obrigado pela resposta Otniel. Muito bom o material.

Gostaria de fazer uns apontamentos:

Eu achei bastante intrigante esse dado da pressão da mordida proporcional ser bem equilibrada sem que os fatores de formato da mandíbula e dieta do animal dessem diferenças significativas. É como comparar um Alligator Americano com um Gavial estando no mesmo porte.

O Alligator tem a mandíbula muito mais robusta e abate presas mais "duras" como tartarugas e alguns mamíferos normalmente, por isso numa lógica sempre pensei e creio que muitos concordariam que o Alligator teria uma mordida bem mais poderosa (no mesmo porte ao menos).

Outra questão, vc comentou “Um estudo recente coloca o Alligator missipiensis em sexto lugar na escala gradual de pressão de mordida dos crocodilianos”. Eu dei uma lida no estudo, pode ser que eu tenha deixado passar alguma coisa na pressa, porém não consegui achar onde mostram “colocações” numerando as mordidas da mais fraca para a mais forte em pesos naturais do estudo. Se você tiver outra tabela, ou tiver feito uma tabela dessa questão com base no estudo, eu gostaria que postasse aqui, seria bem interessante.

Daniel T
Admin

Mensagens: 1034
Data de inscrição: 28/10/2011
Idade: 28
Localização: Curitiba

Ver perfil do usuário http://territorioselvagem.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qui Abr 12, 2012 2:48 pm

A verdade Daniel, é que pouco valor é dado em nosso país ao estudo de crocodilianos, e poucas pessoas no mundo compreendem bem a biomecânica estrutural da mordida destes répteis.O estudo de décadas dos Drs Gregory Erickson e Paul Gignat, apontam para fatos até hj não verificados, mais a minha tristeza é que poderíamos estar muito bem informados sobre nossos crocodilianos ja que somos o país com o maior número de espécies; aqui temos 5 espécies, na Africa 3 espécies, e nos outros lugares as espécies estariam separadas de forma mais ampla. Um fato interessante é que mesmo incluindo a tartaruga amazônica em seu cardápio o Melanosuchus niger teria uma mordida um pouco menor que a do Alligator, em termos comparativos, mais como o estudo revelou esta diferença hj pode-se dizer que é mínima!!!
Com relação ao estudo sobre as colocações que apontam o Alligator em sexto a matéria era sobre este mesmo estudo, mais colhida de um site. A matéria na íntegra é esta:
Saltwater crocodilo supera jacaré americano em força de mordida.

15 de março de 2012
Temível senhor da Flórida dos pântanos, o jacaré americano, está em sexto lugar no mundo no poder de sua mordida.

A mordida mais forte pertence ao crocodilo de água salgada, uma espécie de Oceano Pacífico que crunches para baixo com 3.700 libras de pressão, de acordo com um novo estudo conduzido pela Universidade Estadual da Flórida biologia professor Greg Erickson, cuja equipe amarrado 83 jacarés e crocodilos e colocados dispositivos de medição entre seus dentes.
O bit jacaré americano com uma força de 2.980 libras. Embora esta quinta classificada entre as espécies testadas, Erickson disse que realmente está em sexto lugar, atrás do crocodilo americano, uma espécie rara para a qual ele não foi capaz de testar os maiores exemplares. O estudo foi publicado na revista PLoS One .

Ele disse que a força de mordida tende a seguir tamanho. O crocodilo de água salgada testados foi de 17 pés, eo jacaré-americano foi de 13 pés. Ele disse que o imenso poder exercido por todos os jacarés e crocodilos lhes permite esmagar os ossos de qualquer animal.

"Eu estou interessado em os segredos de seus 85 milhões de anos de sucesso, e muito disso tem a ver com a sua alimentação", disse ele.

Lendo melhor a matéria e as tabelas do estudo eu percebi que nas medidas médias e não nas máximas o desempenho do Alligator ficava abaixo de alguns crocodilianos.
Os dados apresentados são no índice RCBF( força estimada nos dentes caninos).Contudo estou pesquisando mais e volto a postar alguma coisa neste sentido.


Última edição por reptilesporosus em Qua Fev 27, 2013 12:00 pm, editado 1 vez(es)

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qui Abr 12, 2012 3:00 pm

Pera ai Daniel, acho que percebi o segredo.Na tabela dois o índice de pressão molar por espécie( MP), coloca o Alligator atrás das seguintes espécies:
Crocodylus jhonstony- 832
Gavialis gangeticus- 855
Crocodylus novaguineae- 1061
Crocodylus porosus- 1207
Crocodylus intermedius- 1388
Com índice de 806, realmente o alligator fica com o sexto lugar; e é por isto até que na matéria diz que ele esta atrás de uma rara espécie de croc amaricano, o intermedius.Quem diria que ele ficaria atrás em uma média de abrangência de molar hein?

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qui Abr 12, 2012 3:01 pm

Só quero saber quem ficaria com o primeiro lugar dos bichinhos da época do camarada da foto do meu nick!!!hahahaha!!!Este era bravo na disputa hein!!!

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  Daniel T em Qui Abr 12, 2012 4:39 pm

reptilesporosus escreveu:Pera ai Daniel, acho que percebi o segredo.Na tabela dois o índice de pressão molar por espécie( MP), coloca o Alligator atrás das seguintes espécies:
Crocodylus jhonstony- 832
Gavialis gangeticus- 855
Crocodylus novaguineae- 1061
Crocodylus porosus- 1207
Crocodylus intermedius- 1388
Com índice de 806, realmente o alligator fica com o sexto lugar; e é por isto até que na matéria diz que ele esta atrás de uma rara espécie de croc amaricano, o intermedius.Quem diria que ele ficaria atrás em uma média de abrangência de molar hein?



Por esses dados, o maior índice foi do Crocodylus intermedius, superando até mesmo o porosus. Mas esse índice "MP" parece dar uma média entre as espécies (entre os tamanhos mínimos e máximos dos exemplares medidos em cada espécie), pois no índice seguinte, o "RMP" parece dar os valores entre as mínimas e as máximas.

Os dados onde mostram um equilíbrio na proporcionalidade das mordidas eu não consegui achar nas tabelas, creio que deva ter sido citado no estudo, mas não esteja nas tabelas.

Daniel T
Admin

Mensagens: 1034
Data de inscrição: 28/10/2011
Idade: 28
Localização: Curitiba

Ver perfil do usuário http://territorioselvagem.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qui Abr 12, 2012 6:23 pm

Na média de pressão molar ele fica atrás mesmo, isto não quer dizer que os seus índices sejam inferiores em todos as características de uma mordida, pois se vc ver na tabela, os outros resultados são bem favoráveis a ele, como no índice RMBF e no RCBF que ele perde apenas para o porosus.O Alligator continua tendo uma das mais pesadas mordidas do reino animal.O estudo pra mim foi revelador, pois aponta que realmente o maior mordedor é o crocodilo marinho, e que as diferenças entre os crocs de mesmo porte podem ser mais parelhas do que se imaginava.Crocodilianos têm dominado nichos ecológicos transição; água-terra há mais de 85 milhões de anos. Como seus ancestrais, as espécies vivas apresentam variação significativa em proporções da mandíbula, a forma dental e tamanho do corpo. Essas diferenças frequentemente assumem reflexo na especialização anatômica relacionadas à alimentação e ocupação de nicho, mas os dados quantificados são escassos. Estes fatores relacionados ao desempenho biomecânico durante a alimentação e sua relevância para o sucesso evolutivo dos crocodilianos não são conhecidos.Com este estudo eu posso ver algumas perguntas neste sentido serem respondidas.
Para a maior parte, a sua anatomia pós-craniana relacionada com a locomoção é semelhante entre as espécies . Por outro lado adultos de tamanhos normais tem anatomia crânio dental geralmente variável . Adultos de todas as espécies são predadores oportunistas, com dietas que podem incluir invertebrados, peixes, cobras, tartarugas, aves e mamíferos . Isto é especialmente verdadeiro em generalistas alimentares com dentes e focinhos que ocupam a posição intermediária entre crocodilianos no que diz respeito à nitidez e largura, respectivamente. Estes incluem taxs como o crocodilo de água salgada ( Crocodylus porosus ) e jacaré Americano ( Alligator mississipiensis ) . Por outro lado, aqueles com morfologia rostro-dental extrema tendem a ter dietas mais especializados. Os de de focinho delgado e dentes de agulha, como o crocodilo de água doce australiano ( Crocodylus johnsoni ) e o gavial indiano ( Gavialis gangeticus ), consumem uma taxa de presas compatível pequena, como peixes, insetos e crustáceos . Suas mandíbulas alongadas, embora estruturalmente fraca em flexão , permitem uma zona de pressão ampla durante movimentos de lado a lado na cabeça, mandíbula de fechamento rápido distal, e a visão menos obstruída quanto ao direcionamento da presa. O jacaré de papo amarelo ( Caiman latirostris ) e o jacaré chinês ( Alligator sinensis ) tem fechamento em rostra e maçantes dentes bulbosos para o consumo de moluscos sem casca-dura.É complexo reparar nesta proporcionalidade das mordidas devidas estas diferenças mais ao mesmo tempo é muito interessante perceber que depois que vemos um patamar de perfeito encaixe destas formas de morder crocodiliana a mesma passa a se tornar inalterada de 85 milhões de anos pra cá.Acho que a maior proporcionalidade destas mordidas se darão em exemplares que se preparam para a vida adulta e de certa forma estariam naquela fase de transição alimentar, passando ao consumo de presas maiores e assim assumindo uma carga maior de pressão em suas mordidas.Talvez ocorra uma proporcionalidade entre indivíduos de espécies maiores , com as medianas e as gigantes exatamente nesta fase, entre 1 e 1,5m que corresponde o tamanho máximo para as pequenas, metade do tamanho de alguns nas médias e o começo de vida para as gigantes.O estudo aponta que as proporções rostrais dos crocodilianos mudaram substancialmente entre as espécies de crocodilianos, ao longo de suas adptações, mas não em correspondência com as forças de mordedura. As ramificações biomecânicos e ecológica de tais mudanças necessitam de novos exames.



Última edição por reptilesporosus em Sex Abr 13, 2012 7:27 am, editado 1 vez(es)

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qui Abr 12, 2012 10:29 pm

Este é o gráfico com as colocações dos crocodilianos por capacidade de mordida e uma estimativa do Deinosuchus.

Ele descreve a média de forças na mordida em adultos que aumenta com o tamanho do corpo, mostrando pouca correlação com os tipos de focinho (relação de força da mandíbula e dieta), e jacarés e crocodilos têm a mesma capacidade de geração de força de mordida. A estreita relação com o tamanho permitiu estimar as forças de mordida no passado. Por exemplo, para os maiores crocodilianos fósseis conhecidos, tais como Deinosuchus (mostrado aqui ao lado de um ser humano).

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Questões Intrigantes - Crocodilianos

Mensagem  reptilesporosus em Qui Abr 12, 2012 11:41 pm

Algumas conclusões do estudo aplicadas em crocodilianos extintos.
As estimativas das Forças de mordida em Crocodilianos fósseis.
A nossa gama de mordida com força de estimativas de exemplares de 6,7m do Crocodylus porosus foi baseada na regressão interespecífica de massa corporal média contra média de força de mordida (Y (força, N) = 29.632x (massa corporal, kg) 569,35; R 2 = 0,92; ver Figura 3A ), com uma massa estimada de 1.308 kg a partir das regressões intra-específicos de animais selvagens do Crocodylus porosus de Webb e Messel . A estimativa da força de mordida em segundos foram adquiridos utilizando uma regressão intra-específica para uma série de crescimento em cativeiro deste taxon (intervalo = 0,96-531 kg; [31] ), onde y (força de mordida, N) = 115.39x (massa corporal, kg) 0,7629 , R 2 = 0,98). Nota: Nossa pesquisa anterior mostrou que a geração da força de mordida é estatisticamente indistinguível entre exemplares do mesmo tamanho (massa corporal ou seja, CRC, ou TL) em cativeiro e selvagem do Alligator mississippiensis .
Nossas estimativas dos limites superiores e inferiores históricos nas forças de mordida de crocodilo adultos foram baseados em regressão interespecífica de massa média contra média de força de mordida (Y (força, N) = 29.632x (massa, kg) 569,35; R 2 = 0,92; ver Figura 3A ), com uma massa média estimada de nossa regressão interespecífica de crocodilianos em cativeiro reduzida em 25% para explicar a menor massa corporal de indivíduos selvagens em relação aos cativos de TL igual. Utilizamos a 0,8 m TL Procaimanoidea Kayi para representar o mais baixo limite de tamanho conhecido por Crocodylia. A 11 m TL Deinosuchus riograndensis foi utilizado para representar o limite superior. As médias das massas maiores corporais de adultos para esses táxons foram estimados a partir de nossa regressão interespecífica de massa média e TL para adultos de taxa sobrevivente (Y (massa corporal, kg) = 5.00x (comprimento total, m) 2,846 , R 2 = 0,93). (Nota: A estimativa SUPERIOR de mordida força-bound para Deinosuchus . é mais ténue desde conhecidos os maiores espécimes fósseis de crocodilo exceder em muito a faixa de tamanho neontological que se estudou aqui)

reptilesporosus

Mensagens: 682
Data de inscrição: 14/11/2011
Idade: 41
Localização: Campinas

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum